Feeds:
Posts
Comentários

Archive for outubro \16\UTC 2011

me cuida

… E eu digo sempre no final de cada conversa: Te cuida meu bem …
Com vontade de dizer: Me cuida, por favor…

C.F

Anúncios

Read Full Post »

e ser de um lugar distante não era o mal. o mal era o lugar distante não ser. ele não era.  e ela, no fundo, seguia o mesmo caminho: não era também.  não pertencia. nem de perto, nem de longe. ela era de um lugar inventado. sonhado. inventado por ela mesma por supor que seu lugar não existia. não tinha nome aquilo que os outros chamavam de realidade.

Read Full Post »

era fascinada por histórias de vida. fascinada. alegres ou tristes, todas tratadas igualmente. igualmente lindas. davam cor à vida.

Read Full Post »

bisbilhotar.

ligava para um número sem nome só para despertar a curiosidade. no fundo achava que as pessoas tinham as suas manias. bisbilhotar. bisbilhotar só para tentar adivinhar as histórias. histórias de vida. gostava desse exercício.

Read Full Post »

apego.

Algumas palavras ela não largava. Pregava o desapego, mas tola não percebia que traía -se sempre.

Read Full Post »

sonhos.

Primeiro achou um absurdo. Depois conseguiu compreender. Era sim possível viver de sonhos. E, então, decidiu não deixar de sonhar nenhum dia.

Read Full Post »

livre.

Escondia. Não podia confessar. Mas aquilo que ela reprovara, era sua essência. Era difícil admtir. Tinha sim o espírito livre.

Read Full Post »

Older Posts »