Feeds:
Posts
Comentários

Archive for novembro \12\UTC 2011

palavras.

na maioria das vezes minhas palavras são sentimentos. me aborrece sim quem não as aceita para tal finalidade.

Anúncios

Read Full Post »

sensível.

eu ando tão sensível que até meus amores inventados têm me feito sofrer.

 

Read Full Post »

amor.

esse sentimento de posse que as pessoas possuem. não é amor.

Read Full Post »

tom da vida.

“fala pra ele

que ele é um sonho bom

que mudou o tom da sua vida”

Cícero em Canções de Apartamento

Read Full Post »

amor.

e ele anda por aí.

amando outras pessoas.

vivendo outras cores.

e então você percebe.

só você ficou parada.

só você alimentou.

só você acreditou.

sua definição de amor era torta e ultrapassada. acreditava em amor eterno. sem nem mesmo saber o significado da eternidade.

Read Full Post »

sonho maior.

Inconformada ela se questionava sempre por que não dera certo.

Para ela era tudo perfeito. Ela fazia ficar perfeito. Ela contornaria as imperfeições.

O amor era algo tão urgente que ela perdia a razão.

Fazia com que ela se esquece quem era e para onde ia.

Sua salvação era que a insanidade não durava  mais que pouco minutos.

Achava logo uma forma de sonhar.

Um sonho maior do que apenas ter alguém para chamar de amor.

Read Full Post »

dos amores.

“Ter um amor seria importante, mas se você não conseguiu, se a vida não deu,
ou ele partiu sem o menor pudor, invente um.”

Read Full Post »

Older Posts »